quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Meditando como as abelhas


Lembre-se que não é uma leitura rápida, mas a meditação séria nas verdades santas e celestiais que as tornam doces e proveitosas para a alma.

A abelha não colhe o mel apenas tocando na flor, mas tira-lhe o dulçor permanecendo algum tempo sobre ela.


Não é quem lê mais, mas quem medita mais, que mostrará ser o cristão mais especial, mais doce, mais sábio e mais forte.



Autor: Thomas Brooks (1608-1680) 
Tradutor: Marcos Vasconcelos
Fonte: GraceGems.com

 

  © 2009 Mens Reformata

True Contemplation Blogger Template by M Shodiq Mustika