terça-feira, 13 de abril de 2010

Como náufragos

Quanto aos demais, que se salvassem, uns, em tábuas, e outros, em destroços do navio. E foi assim que todos se salvaram em terra - At 27.44

Depois do naufrágio, Paulo nadou para a praia em cima de tábuas e destroços do navio. Todos naufragamos em Adão e o arrependimento é a única tábua que nos resta desse naufrágio para nadarmos até o céu

 


Autor: Thomas Watson (c. 1620—1686)
Fonte: The Doctrine of Repetance, The Banner of Truth Trust, 1994, p.13
Tradutor: Marcos Vasconcelos


 

  © 2009 Mens Reformata

True Contemplation Blogger Template by M Shodiq Mustika