quinta-feira, 15 de abril de 2010

O mundo nos odiará assim como o odiou

Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia – Jo 15.19
Se você anda no temor de Deus e segue os passos de um Jesus perseguido e desprezado, o mundo odiará e desprezará você assim como o odiou e o desprezou, conforme ele mesmo declara: “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim” (Jo 15.18). Foi o próprio Deus quem pôs inimizade entre a semente da mulher e a semente da serpente (Gn 3.15) e se você está do lado de Cristo, nada lhe poupará da manifestação dessa inimizade. Posição social, bens, saber, instrução, amabilidade, as mais profusas obras de liberalidade ou a máxima retidão de conduta não lhe guardarão do desdém dos homens, se você for um sincero seguidor do Senhor Jesus Cristo e puser em prática os princípios que defende. Se aqui você não se conforma a Jesus, na sua imagem sofredora, com toda certeza não se conformará à semelhança glorificada de Jesus no porvir. Mas se ao viver por e para Jesus e sua cruz, seu nome é rejeitado como maligno, use-o por seu emblema, como condecoração adornando o peito de um guerreiro cristão. Se os homens distorcem seus motivos ou atitudes e procuram lhe abater com toda calúnia que a malignidade mais vil pode inventar, não dê ouvidos a ela, se você for inocente. Eles não poderiam achar para você uma coroa melhor e mais honrosa, se de fato a sua vida piedosa provocou a calúnia cruel. Essa coroa, seu Mestre a usou antes de você, quando coroaram a cabeça de Jesus com espinhos. Se você tiver o mesmo sentimento que eu, às vezes se considerará indigno de sofrer perseguição por causa do seu nome.


Autor: J C Philpot (1802-1869)
Fonte: A Puritan at heart

Tradução: Marcos Vasconcelos
 

  © 2009 Mens Reformata

True Contemplation Blogger Template by M Shodiq Mustika